terça-feira, 16 de março de 2010

ChamberCopter




Os foguetes nas pontas das pás fazem o rotor girar, portanto não há contra torque. O rotor de cauda é só para controle. Essa idéia já foi testada pelos americanos na década de 60, mas foi abandonada.

http://dvice.com/archives/2010/03/dragonfly-perso.php

3 comentários:

Artur disse...

Aquele babaca "ajudando", não tem a mínima noção do segurança.

kabellim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tohmé disse...

O problema não são os foguetes na ponta das pás, mas sim o combustível. H2O2. Acho que é peróxido de hidrogênio, o mesmo combustível daquele cururu que voa com uma roupa maluca...